terça-feira, 29 de março de 2011

Minimalista

À tu, só eu
Atuo
Eu, só

6 comentários:

  1. Profundo, lembrou aquele espinho que te mandei.

    Doeu no pé?

    =*

    ResponderExcluir
  2. Aprecio seus comentários, Mateus... hahahahha

    Nem doeu, ó! nem entrou!

    ResponderExcluir
  3. Linda poesia! Amei! Bem contemporânea! Queria ser quem nem você.

    ResponderExcluir